domingo, 20 de novembro de 2016

Subsidio pre-adolescentes bons exemplos n.9





                  BONS EXEMPLOS  N.9 4 TRIMESTRE


                          Professor Mauricio Berwald

“Tudo o que vocês aprenderam, receberam, ouviram e viram em mim, ponham-no em prática. E o Deus da paz estará com vocês.” (Filipenses 4.9). verso 9

Aquelas coisas que vós também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, fazer - Ou seja, o que você tem testemunhado em mim, e o que você aprendeu de mim, eo que você já ouviu falar sobre mim, praticar-se. Paulo refere-los à sua conduta uniforme - a tudo o que tinham visto e conhecido, e ouviu dele, como o que foi bom para eles de imitar. A mesma coisa, substancialmente, ele insiste em Phlippians 03:17 ; veja as notas em que o verso. Poderia ter sido apenas a consciência de uma vida pura e reto o que tornaria tal conselho adequado. Quão poucos são as pessoas neste dia que podem incitar outro para imitar tudo o que eles têm visto neles, e aprendi com eles, e ouviu deles.E o Deus da paz estará convosco - O Deus que dá a paz; comparar Hebreus 13:20 ; 1 Tessalonicenses 5:23 ; ver também as notas no Phlippians 4: 7 . O significado aqui é que Paulo, prosseguindo ao longo da vida que tinha levado, e que ele está aqui aconselha-os a seguir, tinha encontrado que tinha sido atendido com a bênção do Deus da paz, e ele sentiu a garantia de máximo que a mesma bênção iria descansar sobre eles se imitou seu exemplo. A maneira de obter a bênção do Deus de paz, é para levar uma vida santa, e para executar com fidelidade todos os deveres que temos para com Deus e aos nossos semelhantes.

Pessoas são edificadas por pessoas. Assim como líderes são desenvolvidos por líderes. A vida exige muito mais que conceitos, exige exemplos. É difícil definir o poder que pessoas exercem sobre outras, tanto para o bem como para o mal. Gostarmos de dizer: não olhe para mim, olhe para Jesus. Essa frase também me agrada, porque me liberta de um grande peso e responsabilidade. Não desejo ninguém se espelhando em mim e com isso deixando-me ainda mais preocupado com meu estilo de vida. Mas estou errado e se você é como eu, também está errado. Somos chamados a ser exemplos, bons exemplos. Exemplos a serem seguidos.

Jesus ensinou aos seus discípulos colocando-se como exemplo para eles: “Eu lhes dei o exemplo, para que vocês façam como lhes fiz.” (João 13.15). Seguindo o Mestre, Paulo se oferece como exemplo – o que aprenderam, receberam, ouviram e viram em mim, imitem! Ele também ensinou a Tito a fazer o mesmo: “Em tudo seja você mesmo um exemplo para eles, fazendo boas obras.” (Tito 2.7). Ensinou o mesmo a Timoteo: “Ninguém o despreze pelo fato de você ser jovem, mas seja um exemplo para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé e na pureza.” (1 Timóteo 4.12). Embora não me agrade muito e nem me considere um exemplo a ser recomendado a outros, esse é o meu dever. Esse é também o seu. Por que?

Porque o Evangelho do qual participamos e somos chamados a anunciar a outros não pode ser completamente conhecido por meio de palavras. Diz Paulo que esse Evangelho é o poder de Deus para salvação. É pelos efeitos desse poder em nossas vidas que o Evangelho alcança os outros. É assim que o Evangelho segue por meio de nós. Por isso Madre Tereza dizia: “Talvez você seja o único Evangelho que seu amigo irá ler hoje”. Amanhã meditaremos sobre alguns bons exemplos que devemos ser. Mas não espere até amanhã. Seja hoje mesmo o melhor que pode com a Graça de Cristo. Um cristão não é um mensageiro, é uma testemunha e um testemunho vivo do seu Mestre.


Nenhum comentário:

Postar um comentário