domingo, 20 de novembro de 2016

Subsidio central gospel o pecado da luxuria n.9


                  SUBSIDIO LIÇÕES CENTRAL GOSPEL
                          O PECADO DA LUXURIA N.9


                        Luxúria- Amar os prazeresdo mundo

                                        Professor Mauricio Berwald

O significado de luxúria é amar os prazeres do mundo, querer desesperadamente algo, intenso desejo que pode ser o sexual, por poder, por dinheiro…Tudo a nossa volta nos leva a querer prazer, bem estar momentâneo, a eterna busca da felicidade a qualquer custo, o ter coisas é essencial. As propagandas nas ruas, na televisão, as músicas, filmes … o mundo quer manipular a nossa mente, os nossos gostos, a nossa opinião e a verdade do que realmente tem importância nesse tempo que passamos aqui na Terra, chamado vida.

O que a luxúria, o amor aos prazeres do mundo, pode nos fazer?

 1- A Luxúria quer nos pegar.

 1 João 2:15-17 “Não amem o mundo nem o que nele há. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele.Pois tudo o que há no mundo — a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens — não provém do Pai, mas do mundo.O mundo e a sua cobiça passam, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.” versículos 12-17
Este novo comando do amor santo, com os incentivos ao mesmo, pode, eventualmente, ser direcionado para as várias fileiras de discípulos que estão aqui abordado. Os vários graduados na universidade cristã, a Igreja Católica, deve ter certeza de preservar o vínculo de amor sagrado. Ou, não sendo um dehortation importante e dissuasão de seguir, sem a observância do que a religião vital no amor de Deus e amor dos irmãos não podem subsistir, o apóstolo pode justamente parecem prefaciar isso com um endereço solene às várias formas ou ordens na escola de Cristo: deixe as crianças ou menores de idade, os adultos, os idosos (ou do Adepti , o teleioi , o mais perfeito ), na instituição cristã, sabem que têm de não amar este mundo; e assim,

I. Nós temos o próprio endereço feita às diversas formas e graus na igreja de Cristo. Todos os cristãos não são da mesma posição e estatura; existem crianças em Cristo, há homens adultos, e discípulos de idade. Como estes têm seus estados peculiares, então eles têm suas funções peculiares; mas há preceitos e uma obediência correspondente comum a todos eles, como amor e desprezo do mundo particularmente mútuo. Vemos também que os pastores sábios será criteriosamente distribuir a palavra da vida, e dar aos vários membros da família de Cristo suas várias porções adequadas: . Vos escrevo as crianças, pais e jovens Neste distribuição dos endereços apóstolo,

1. O menor na escola cristã: que vos escrevo, filhinhos, 1 João 2:12 . Não são novatos na religião, crianças em Cristo, aqueles que estão aprendendo os rudimentos da piedade cristã. O apóstolo pode parecer para incentivá-los, aplicando a eles em primeiro lugar; e pode ser útil para os maiores proficientes para ouvir o que é dito para seus juniores; elementos devem ser repetido; primeiros princípios são a base de tudo. Ele aborda as crianças no cristianismo em duas contas: - (1) Porque os seus pecados foram perdoados por amor do seu nome, 1 João 2:12 . O mais jovem discípulo sincero é perdoado; na comunhão dos santos é atendido com o perdão dos pecados. Pecados estão perdoados, quer por causa do nome de Deus, para o louvor da sua glória (suas perfeições gloriosas exibido no perdão), ou por causa do nome de Cristo, em cima sua pontuação, e sobre a conta da redenção que há nele; e aqueles que são perdoados de Deus são fortemente obrigado a abandonar este mundo, que de modo interfere com o amor de Deus. (2.) Por causa de seu conhecimento de Deus: eu vos escrevo, filhinhos, porque conhecestes o Pai, 1 João 2:13 . Crianças estão acostumados a conhecer nenhum tão cedo como seu pai. Crianças no cristianismo deve e fazer conhecer a Deus. Eles todos me conhecerão, desde o menor até o maior, Hebreus 08:11 . Filhos em Cristo deve saber que Deus é seu Pai; é a sua sabedoria. Nós dizemos: É um sábio que conhece o seu pai. Estas crianças não pode deixar de saber deles; eles podem muito bem ser assegurada por cujo poder eles são regenerados e por cuja graça de serem adoptados. Aqueles que conhecem o Pai pode muito bem ser retirado do amor deste mundo. Em seguida, o apóstolo, rendimentos,

2. Para os da mais alta estação e em estatura, para os idosos no cristianismo, a quem ele dá uma denominação honrosa: eu vos escrevo, pais ( 1 João 2:13 , 1 João 2:14 ), para vós, Mnasons, você discípulos antigos, Atos 21:16 . O apóstolo passa imediatamente a partir da base para o topo da escola, da forma mais baixo para o mais alto, que aqueles no meio pode ouvir os dois aulas, pode se lembrar o que aprenderam e perceber que eles devem vir para: eu vos escrevo ., pais Aqueles que são de mais longo pé na escola de Cristo tem necessidade de mais conselhos e instrução; o discípulo mais antigo deve ir para o céu (a universidade acima) com o seu livro, a Bíblia, na sua mão; pais deve ser escrito, e pregou para; nenhum é velho demais para aprender. Ele escreve a eles sobre a conta do seu conhecimento: eu vos escrevo, pais, porque conheceis aquele que é desde o início, 1 João 2:13 , 1 João 2:14 . Homens velhos têm conhecimento e experiência, e esperam deferência. O apóstolo está pronto para possuir o conhecimento dos cristãos velhos, e para felicitá-los por isso. Eles sabem que o Senhor Cristo, particularmente a ele que era desde o princípio, como 1 João 1: 1 . Como Cristo é Alpha e Omega, . Por isso ele deve ser o início eo fim do nosso conhecimento Christian considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, Philemon 3: 8 . Aqueles que o que foi desde o início sabe, antes que este mundo foi feito, pode muito bem ser induzida, assim, a abandonar este mundo. Então,

3. Para a idade média dos cristãos, para aqueles que estão em sua flor e flor: Eu vos escrevi, jovens, 1 João 2:13 , 1 João 2:14 . Há o adulto em Cristo Jesus, aqueles que chegaram à força de espírito e senso de som e pode discernir entre o bem eo mal. O apóstolo aplica a eles sobre estas contas: - (1) Após o relato de suas façanhas marciais. Soldados hábeis que estão no campo de Cristo: porque vencestes o Maligno, 1 João 2:13 . Há um maligno que está continuamente em guerra contra as almas, e particularmente contra os discípulos, mas aqueles que são bem ensinados na escola de Cristo pode lidar com os braços e vencer o maligno; e aqueles que podem vencê-lo pode ser chamado para vencer o mundo também, que é tão grande instrumento para o diabo. (2) Após a conta de sua força, descobriu nesta sua realização: Porque você é forte, e já vencestes o maligno, 1 João 2:14 . Os homens jovens estão acostumados a glória na sua força; será a glória de pessoas jovens a ser forte em Cristo e na sua graça; será a sua glória, e vai tentar a sua força, para superar o diabo; se eles não ser muito difícil para o diabo, ele vai ser muito difícil para eles. Que os cristãos vigorosos mostrar sua força em conquistar o mundo; e a mesma força deve ser exercida em superar o mundo como é empregado em superar o diabo. (3.) Por causa de sua familiaridade com a Palavra de Deus: E a palavra de Deus permanece em vós, 1 João 2:14 . A Palavra de Deus deve respeitar nos discípulos adultos; ele é o alimento e fornecimento de força para eles; é a arma pela qual eles superam do maligno; a espada do Espírito, em que saciam seus dardos inflamados, e aqueles em quem a palavra de Deus habita estão bem equipados para a conquista do mundo.

II. Temos a dehortation ou dissuasão, assim, prefaciou e apresentou, um cuidado fundamental para a religião prática vital: ldblquote Não ameis o mundo, nem o que há no mundo, 1 João 2:15 . Ser crucificado para o mundo, ser mortificado às coisas, às actividades empresariais e seduções, do mesmo. dblquote Os vários graus de cristãos devem se unir neste, em ser morto para o mundo. Eram, assim, unidos, eles logo se unir a outras contas: o amor deve ser reservado a Deus; jogá-lo não de distância sobre o mundo. Agora aqui nós vemos as razões desta dissuasão e cautela. Eles são vários, e tinha necessidade de ser assim; é difícil contestar ou dissuadir-se discípulos do amor do mundo. Estas razões são tomadas,

1. A partir da inconsistência desse amor com o amor de Deus: Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele, 1 João 2:15 . O coração do homem é estreito, e não pode conter ambos os amores. O mundo atrai o coração de Deus; e assim quanto mais o amor do mundo prevalece mais o amor de Deus se encolhe e se deteriora. verso 15 Não ameis o mundo - O termo "mundo" parece ser usado nas Escrituras em três sentidos:

(1) No que denota o universo físico; o mundo como ele aparece para o olho; o mundo considerado como a obra de Deus, como uma criação material.

(2) o mundo como aplicado às pessoas que residem na mesma - "o mundo da humanidade."

(3) como os moradores da terra são, por natureza, sem religião, e agir sob um conjunto de máximas, objectivos e princípios que têm referência apenas a esta vida, o termo vem a ser usado com referência a essa comunidade; ou seja, os objetos que especialmente procuram, e os princípios pelos quais eles são acionados.

Considerados com referência ao primeiro sentido da palavra, não é impróprio para amar o mundo como a obra de Deus, e como ilustrando suas perfeições; pois podemos supor que Deus ama suas próprias obras, e não é errado que devemos encontrar prazer na sua contemplação. Considerados com referência ao segundo sentido da palavra, não é errado amar as pessoas do mundo com um amor de benevolência, e ter apego a nossos amigos afins e que constituem uma parte dela, embora eles não são cristãos. É somente com referência à palavra como usado no terceiro sentido que o comando aqui pode ser entendido como sendo aplicável, ou que o amor do mundo é proibido; com referência aos objectos procurados, as máximas que prevalecem, os princípios que reinam na comunidade que vive por este mundo em contraposição do mundo vindouro. O significado é que não estamos a corrigir nossas afeições em objetos mundanos - sobre o que o mundo pode fornecer - como nossa porção, com o espírito com o qual eles fazem que vivem apenas para este mundo, independentemente da vida por vir. Não estamos a fazer deste mundo o objeto de nosso chefe de afeto; não estamos a ser influenciado pelas máximas e sentimentos que prevalecem entre aqueles que o fazem. Compare os Romanos 12: 2 nota e James 4: 4 nota. Veja também Mateus 16:26 ; Lucas 09:25 ; 1 Coríntios 1:20 ; 1 Coríntios 3:19 ; Gálatas 4: 3 ; Colossenses 2: 8 .

Nem as coisas que estão no mundo –

". A concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos ea soberba da vida", referido no verso seguinte como Esta explicação mostra que João queria dizer com "as coisas que estão no . world "Ele não diz que estamos em nenhum sentido a amar" qualquer coisa "que está no mundo material; que estamos a sentir nenhum interesse em flores e córregos, e as florestas e fontes; que somos não ter admiração por aquilo que Deus fez como o Criador de todas as coisas; que estamos a valorizar nenhum amor para qualquer um dos habitantes do mundo, nossos amigos e parentes; ou que estamos a perseguir nenhum dos objetos da vida em fazer provisão para nossas famílias; mas que não devemos amar as coisas que são procurados apenas para mimar o apetite, para agradar aos olhos, ou para promover o orgulho de viver. Estes são os objectos procurados pelas pessoas do mundo; estes não são os objetos a serem procuradas pelo Christian.  Se alguém ama o mundo ... - Se, nesse sentido, uma pessoa ama o mundo, mostra que ele não tem a verdadeira religião; isto é, se caracteristicamente ele ama o mundo como sua porção, e vive para isso; se é o princípio dominante de sua vida para ganhar e aproveitar que, isso mostra que seu coração nunca renovado, e que ele não tem parte com os filhos de Deus. Veja a Tiago 4: 4 nota; Mateus 6:24 nota.

2. A partir da proibição de amor mundano ou luxúria; não foi ordenado por Deus: Ele não é do Pai, mas do mundo, 1 João 2:16 . Este amor ou luxúria não é designado por Deus (ele chama-nos a partir dele), mas se intromete-se do mundo; o mundo é um usurpador de nossa afeição. Agora aqui temos a devida consideração e noção do mundo, segundo a qual é para ser crucificado e renunciado. O mundo, fisicamente considerada, é bom, e é para ser admirado como a obra de Deus e um copo em que suas perfeições brilho; mas é para ser considerada em sua relação com nós agora em nosso estado corrompido, e como ele funciona na nossa fraqueza e instiga e inflama nossas paixões infames. Há uma grande afinidade e aliança entre este mundo e da carne, e este mundo se intromete e invade a carne, e, assim, faz uma parte contra Deus. As coisas do mundo, portanto, são distinguidos em três classes, de acordo com as três inclinações predominantes de natureza depravada; como: (1) Existe a concupiscência da carne. A carne aqui, destacando-se a partir dos olhos e da vida, importa o corpo. A concupiscência da carne é, subjetivamente, o humor e apetite de ceder prazeres carnais; e, objetivamente, todas aquelas coisas que excitam e inflamam os prazeres da carne. Este desejo é geralmente chamado de luxo. (2.) Existe a concupiscência dos olhos. Os olhos estão satisfeitos com tesouros; riquezas e bens ricos estão ansiava por um olho extravagante; este é o desejo de cobiça. 3. Existe a soberba da vida. Uma mente vão anseia por toda a grandeza, equipagem, e a pompa de uma vida vão-gloriosa; esta é a ambição, e sede de honra e aplausos. Esta é, em parte, da doença do ouvido; deve-se lisonjeado com admiração e louvor. Os objetos desses apetites deve ser abandonada e renunciou; como se engajar e ocupar o carinho e desejo, eles não são do Pai, mas do mundo, 1 João 2:16 . O Pai não permite-los, eo mundo deve mantê-los para si. O desejo ou apetite para estas coisas devem ser mortificado e subjugado; e assim a indulgência de que não é nomeado pelo Pai, mas é insinuado pelo mundo enganarem.

3. A partir do estado vão e desaparecimento das coisas terrenas e o gozo deles. E o mundo passa, ea sua concupiscência, 1 João 2:17 . As coisas do mundo estão desaparecendo e morrendo em ritmo acelerado. O desejo em si eo prazer dela murchar e decadência; o próprio desejo vai dentro em breve falhar e cessar, Eclesiastes 12: 5 . E o que aconteceu com toda a pompa e prazer de todos aqueles que encontram-se agora em decomposição no túmulo?

4. A partir da imortalidade da amante divino, o amante de Deus: Mas aquele que faz a vontade de Deus, que deve ser o caráter da amante de Deus, em oposição a esta amante do mundo, permanece para sempre, 1 John 2:17 . O objeto do seu amor em oposição ao mundo que passa, permanece para sempre; sua paixão ou afeição sagrada, em oposição à luxúria que passa, permanece para sempre; amor nunca falhará; e ele mesmo é um herdeiro da imortalidade e vida eterna, e devem, em tempo, ser traduzido para lá.De toda a estes versos, devemos observar a pureza e espiritualidade da doutrina apostólica. A vida animal deve ser submetido ao divino; o corpo com suas afeições devem ser influenciado pela religião, ou o amor vitorioso de Deus


Efésios 4:22 “Jogue fora a sua velha natureza pecaminosa e seu antigo modo de vida, que é corrompido pela luxúria e decepção.”

Colossenses 3:5 “Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês: imoralidade sexual, impureza, paixão, desejos maus e a ganância, que é idolatria.”

Efésios 5:3 “Entre vocês não deve haver nem sequer menção de imoralidade sexual nem de qualquer espécie de impureza nem de cobiça; pois estas coisas não são próprias para os santos.”

1 Timóteo 6:9, 10 “Os que querem ficar ricos caem em tentação, em armadilhas e em muitos desejos descontrolados e nocivos, que levam os homens a mergulharem na ruína e na destruição,pois o amor ao dinheiro é raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram a si mesmas com muitos sofrimentos.”

Mateus 5:28, 29 “Mas eu lhes digo: qualquer que olhar para uma mulher para desejá-la, já cometeu adultério com ela no seu coração. Se o seu olho direito o fizer pecar, arranque-o e lance-o fora. É melhor perder uma parte do seu corpo do que ser todo ele lançado no inferno.”

Marcos 7:21-23 “Pois do interior do coração dos homens vêm os maus pensamentos, as imoralidades sexuais, os roubos, os homicídios, os adultérios, as cobiças, as maldades, o engano, a devassidão, a inveja, a calúnia, a arrogância e a insensatez.Todos esses males vêm de dentro e tornam o homem ‘impuro’ “.

1 Pedro 5:8 “Sejam sóbrios e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar.

Efésios 6:10-12 “Finalmente, fortaleçam-se no Senhor e no seu forte poder.Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do diabo, pois a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais.”

Tiago 1:14, 15 “Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido.Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte.”

A chave para vencer a luxúria é :

- Crescer o caráter espiritual.

- Ganhar maior maturidade espiritual.

- Limitar a exposição a qualquer coisa que tenha a ver com luxúria.

2 – A luxúria procura momentos oportunos para te pegar.

Estamos mais vulneráveis ​​a luxúria quando :

- Estamos desfocados.

- Estamos em tempo de espera.

- Estamos feridos e / ou irritados.

- Cansados.

- Somos orgulhosos.

-Estamos emocionalmente fraco, com medo e / ou inseguros.

- Estamos em uma temporada de ausência, magreza ou perda.

- Estamos em uma época de abundância e bênção.

- Estamos Incidindo sobre as prioridades erradas.

- Estamos ouvindo as vozes erradas.

- Estamos espiritualmente desnutridas.

- Estamos espiritualmente isolados.

A luxúria, o amor aos prazeres do mundo, não consegue controlar a nossa vida quando temos :

-As prioridades de vida estão em ordem.

-Estado adequadamente ocupados atendendo às atribuições dadas por Deus.

-Praticado o “princípio SABBATH.”

-Vivido em amor e perdão.

-Processado e gerenciado as emoções corretamente.

-Escolhido cuidadosamente as vozes que ouvimos.

-Segurança no amor de Deus.

- Humildade.

-Estado espiritualmente alimentados e conectados.

3 – A luxúria segue um caminho já previsto.

 2 Samuel 11:1-6 “E aconteceu que, tendo decorrido um ano, no tempo em que os reis saem à guerra, enviou Davi a Joabe, e com ele os seus servos, e a todo o Israel; e eles destruíram os filhos de Amom, e cercaram a Rabá; porém Davi ficou em Jerusalém.E aconteceu que numa tarde Davi se levantou do seu leito, e andava passeando no terraço da casa real, e viu do terraço a uma mulher que se estava lavando; e era esta mulher mui formosa à vista.E mandou Davi indagar quem era aquela mulher; e disseram: Porventura não é esta Bate-Seba, filha de Eliã, mulher de Urias, o heteu?Então enviou Davi mensageiros, e mandou trazê-la; e ela veio, e ele se deitou com ela (pois já estava purificada da sua imundícia); então voltou ela para sua casa.E a mulher concebeu; e mandou dizer a Davi: Estou grávida. Então Davi mandou dizer a Joabe: Envia-me Urias, o heteu. E Joabe enviou Urias a Davi.”

Tiago 1:13-15 “Quando alguém for tentado, jamais deverá dizer: “Estou sendo tentado por Deus”. Pois Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido.Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte.

 Como a luxúria age:

Seduz.

Nos entretem com uma isca.

Nos aprisiona no pecado.

O pecado expande sua influência.

Nos envolve.

O pecado extingue nossa vida espiritual.

4 – Você pode se proteger do poder da luxúria.

Provérbios 4:6, 7 “Não abandone a sabedoria, e ela o protegerá; ame-a, e ela cuidará de você. O conselho da sabedoria é: procure obter sabedoria; use tudo que você possui para adquirir entendimento”

 7 conselhos sábios:

-Reconheça sua vulnerabilidade..

-Encha seu coração com a Palavra de Deus.

Salmo 119:11 “Guardei no coração a tua palavra para não pecar contra ti.”

-Evite pessoas, lugares e atividades que são susceptíveis para levar à luxúria.

1 Coríntios 15:33 “Não se deixem enganar: “as más companhias corrompem os bons costumes”.

-Assuma o controle de seus olhos.

Jó 31:1 “Fiz acordo com os meus olhos de não olhar com cobiça para as moças.””

-Esteja ocupado fazendo coisas boas.

Romanos 12:21 “Não se deixem vencer pelo mal, mas vençam o mal com o bem.”

-Tenha na mente as consequências do pecado.

Romanos 6:23 “Porque o salário do pecado é a morte …”

-Tenha amigos que você ajude e que ajudem você.

Eclesiastes 4:12 “Um homem sozinho pode ser vencido, mas dois conseguem defender-se. Um cordão de três dobras não se rompe com facilidade.“

3 – Se recupere rápido de qualquer falha.

 Salmos 51:10-13 “Cria em mim um coração puro, ó Deus, e renova dentro de mim um espírito estável. Não me expulses da tua presença, nem tires de mim o teu Santo Espírito.Devolve-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito pronto a obedecer.“




Nenhum comentário:

Postar um comentário