quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Lições adultos Deus trabalha pela familia n.8


                              4°trimestre de 2016- Adultos
           Rute Deus trabalha pela Família  Lição 8  Rute
                           Deus Trabalha pelaFamília



20 de novembro de 2016

TEXTO ÁUREO

"[...]  Bendito seja o SENHOR, que não deixou, hoje, de te dar remidor, e seja o seu nome  afamado em Israel." (Rt 4.14)
Clique e Leia também:

VERDADE PRÁTICA

Deus abençoa o trabalho, a fé e a persistência da família que o serve.

LEITURA DIÁRIA 

Segunda - Rt 1.1: A fome leva uma família a deixar Belém
Terça - Rt 1.3: Noemi enfrenta a morte em sua família
Quarta - Rt 1.6,7: O triste regresso de Noemi em meio à crise
Quinta - Rt 2.1,2: O trabalho de Rute em meio à crise
Sexta - Rt 2.8,9: Provisão divina e cuidado em meio à crise
Sábado - Rt 4.13: A bênção do casamento em meio à crise

                                     LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Rute 1.1-14
1 - E sucedeu que, nos dias em que os juízes julgavam, houve uma fome na terra; pelo que um homem de Belém de Judá saiu a peregrinar nos campos de Moabe, ele, e sua mulher, e seus dois filhos.
2 - E era o nome deste homem Elimeleque, e o nome de sua mulher, Noemi, e os nomes de seus dois filhos, Malom e Quiliom, efrateus, de Belém de Judá; e vieram aos campos de Moabe e ficaram ali.
3 - E morreu Elimeleque, marido de Noemi; e ficou ela com os seus dois filhos,
4 - os quais tomaram para si mulheres moabitas; e era o nome de uma Orfa, e o nome da outra, Rute; e ficaram ali quase dez anos.
5 - E morreram também ambos, Malom e Quiliom, ficando assim esta mulher desamparada dos seus dois filhos e de seu marido.
6 - Então, se levantou ela com as suas noras e voltou dos campos de Moabe, porquanto, na terra de Moabe, ouviu que o SENHOR tinha visitado o seu povo, dando-lhe pão.
7 - Pelo que saiu do lugar onde estivera, e as suas duas noras, com ela. E, indo elas caminhando, para voltarem para a terra de Judá,
8 - disse Noemi às suas duas noras: Ide, voltai cada uma à casa de sua mãe; e o SENHOR use convosco de benevolência, como vós usastes com os falecidos e comigo.
9 - O SENHOR vos dê que acheis descanso cada uma em casa de seu marido. E, beijando-as ela, levantaram a sua voz, e choraram,
10 - e disseram-lhe: Certamente, voltaremos contigo ao teu povo.
11 - Porém Noemi disse: Tornai, minhas filhas, por que iríeis comigo? Tenho eu ainda no meu ventre mais filhos, para que vos fossem por maridos?
12 - Tornai, filhas minhas, ide-vos embora, que já mui velha sou para ter marido; ainda quando eu dissesse: Tenho esperança, ou ainda que esta noite tivesse marido, e ainda tivesse filhos,
13 - esperá-los-íeis até que viessem a ser grandes? Deter-vos-íeis por eles, sem tomardes marido? Não, filhas minhas, que mais amargo é a mim do que a vós mesmas; porquanto a mão do SENHOR se descarregou contra mim.
14 - Então, levantaram a sua voz e tornaram a chorar; e Orfa beijou a sua sogra; porém Rute se apegou a ela. 


OBJETIVO GERAL

Ressaltar que Deus abençoa o trabalho, a fé e a persistência da família que o serve.
HINOS SUGERIDOS: 58, 83, 400 da Harpa Cristã

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Abaixo, os objetivos específicos referem-se ao que o professor deve atingir em cada tópico. Por exemplo, o objetivo I refere-se ao tópico I com os seus respectivos subtópicos.
I.      Apontar a crise econômica pela qual Belém estava passando;
II.     Mostrar  como Noemi e Rute superaram as crises;
III.    Enfatizar que a fé e o trabalho nos ajudam a superar as crises.

INTERAGINDO COM O PROFESSOR

A família de Elimeleque teve que deixar Belém devido a uma grave crise econômica. Era tempo de escassez. A crise era resultado da desobediência dos israelitas para com o Senhor no tempo dos juízes. Um tempo difícil, onde cada um fazia aquilo que parecia ser bom aos seus próprios olhos. A falta de temor e observância da lei trouxe sérios prejuízos espirituais e financeiros para Israel. A família de Elimeleque muda-se para Moabe na esperança de ter dias melhores. Mas, ali Elimeque morre e é enterrado. Seus dois filhos também vieram a falecer em Moabe. Noemi, a esposa de Elimeleque teve que enfrentar a perda do marido e dos filhos. Mas crises ainda piores estavam por vir. Todavia, Deus lhe concedeu um escape; uma nora que a amou e a acolheu em tempos de amargura. Noemi e Rute voltam para Belém, trabalham, mantém a fé em Deus e são grandemente abençoadas. Todos nós enfrentamos momentos de dor e aflição. Mas a nossa fé nos faz avançar, trabalhar e ver o impossível sendo realizado. Diante das adversidades, não desanime, não pare.

INTRODUÇÃO

Nesta lição, estudaremos a história de uma família que enfrentou a crise da fome, do luto e da desesperança. É a história de três viúvas: Noemi, Orfa e Rute. Elas enfrentaram momentos terríveis. Porém, duas delas não se deixaram abater pelas dificuldades. Com fé, inteligência, lealdade, persistência e esperança, venceram dificuldades. É uma história de trabalho, provisão e resgate.

PONTO CENTRAL
Deus trabalha em favor da família.

I - A CRISE ECONÔMICA

1. Fome na "casa do pão".
Belém de Judá estava enfrentando uma terrível crise econômica. A fome tomou uma proporção gigantesca, obrigando as pessoas a deixarem a região. A escassez era resultado do mau governo dos últimos juízes de Israel. Estes haviam abandonado ao Senhor. Belém, que significa "casa de pão",  estava com fome. A cidade deixou de ser um celeiro de grãos para ser um lugar de escassez. Neste caso, a fome era resultado da disciplina divina (Lv 26.18-20). Israel afastou-se da comunhão com Deus, adorando ídolos pagãos. Nem todos agiam de modo pecaminoso, mas a disciplina era para todos.

2. A crise alcança uma família (Rt 1.1,2).

Elimeleque, Noemi e seus filhos, Malom e Quiliom são atingidos pela crise. A escassez obrigou Elimeleque a deixar, juntamente com a família, a sua terra. Naquele momento de crise, eles fizeram o que parecia ser o melhor para toda a família, ou seja, seguiram para Moabe. Ao chegarem a Moabe, ao invés de encontrar pão, encontraram a doença e a morte. Elimeleque e seus dois filhos morreram em Moabe. Noemi ficou sozinha com suas duas noras. Naquele tempo não havia previdência social. As viúvas eram sustentadas pelos filhos, em especial o primogênito. Logo, perder o marido e os filhos era uma situação terrível.

3. Três viúvas.

Essas mulheres, desprotegidas, sofreram enormes dificuldades para sobreviver. Mas Deus não abandona seus filhos nem os desampara. O Senhor já tinha um plano de redenção e bênção preparado para Noemi e Rute. Em momentos de crises, muitas vezes achamos que Deus está silencioso e distante. Parece não haver saída, mas Ele está trabalhando em nosso favor. Por isso, não tenha medo. Deus não vai desamparar você.

SÍNTESE DO TÓPICO I

A crise econômica em Belém fez Elimeleque e sua família buscarem melhores condições de vida em Moabe.

SUBSÍDIO BIBLIOLÓGICO

"A história de Rute desenrola-se durante o período dos juízes. Ela revela que durante a deplorável apostasia moral e espiritual daqueles dias, havia um remanescente fiel que continuava a amar e obedecer a Deus. O livro salienta o fato de que Deus opera na vida daqueles que permanecem fiéis a Ele e à sua Palavra.
Embora Noemi fosse uma fiel seguidora do Senhor, experimentou grande adversidade.
(1) Ela e  a sua família sofreram os efeitos  da fome, e tiveram que  abandonar sua própria casa. Além disso, ela perdeu seu marido e seus dois filhos. Parecia que o Senhor a abandonara e até mesmo se voltara contra ela. 
(2) A história de Rute, no entanto, revela que Deus continuava cuidando dela, inclusive agindo através de terceiros, para socorrê-la em suas necessidades. Como no caso de Noemi, o crente fiel  e leal a Cristo pode experimentar grandes adversidades na sua vida. Tal fato não significa que Deus o abandonou ou que está castigando. As Escrituras frisam, repetidas vezes, que Deus continua, com todo o amor, a fazer todas as coisas cooperarem para o nosso bem em tempos de aflição" (Bíblia de Estudo Pentecostal. Rio de Janeiro: CPAD, p. 422).

CONHEÇA MAIS

Nos dias dos juízes

A história de Rute desenrola-se durante o período dos juízes. Ela revela que durante a deplorável apostasia moral e espiritual daqueles dias, havia um remanescente fiel que continuava a amar e obedecer a Deus. O livro salienta o fato de que Deus opera na vida daqueles que permanecem fiéis a Ele e à sua Palavra." Para conhecer mais leia, Bíblia de Estudo Pentecostal, CPAD, p.422.

II - SUPERANDO AS CRISES
1. Noemi enfrenta a crise.

Noemi tornou-se uma mulher amarga, triste e sem esperança. Parecia não existir solução para a crise que estava vivendo. As dificuldades podem embaçar a nossa visão e tirar toda a nossa expectativa. Se você está enfrentando uma situação que não parece ter solução, não se desespere. Tenha fé no Deus de toda a provisão. Noemi foi dominada pela amargura e dor. Seus sentimentos tornaram-se amargos. Ela não esperava mais nada da vida, senão a morte.

2. O retorno para sua terra.

Noemi tomou a decisão de retornar para Belém,  a sua terra natal. Porém, antes ela decidiu liberar suas noras, Orfa e Rute, para que voltassem às suas famílias. Orfa aceitou a liberação de sua sogra e retornou para sua família.  Mas Rute não quis abandonar a sogra. Talvez, Noemi estivesse pensando que Deus a estava castigando com todos aqueles sofrimentos. Ela não podia imaginar o plano de Deus em todas aquelas adversidades. Aprendemos com a Palavra de Deus que [...]"todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus [...]" (Rm 8.28).

3. Rute e o Deus de Israel.

Rute declarou: "[...] O teu Deus é o meu Deus"(Rt 1.16). Sua sogra, embora atravessando um momento difícil, deu um excelente testemunho. A convivência com Noemi levou Rute a ter uma experiência pessoal com Deus. Rute se apegou à sua sogra. Tal gesto de amor e generosidade nos mostra que é possível o bom relacionamento entre noras e sogras.

SÍNTESE DO TÓPICO II

Noemi e Rute com fé e trabalho superaram as crises.

SUBSÍDIO BÍBLICO TEOLÓGICO
A declaração de Rute (1.16,17)

A famosa expressão de compromisso de Rute à sua sogra não somente demonstra lealdade a uma amiga, mas também esclarece um aspecto teológico. Rute disse 'seu povo será o meu povo' antes de dizer 'e seu Deus será o meu Deus'. Nos tempos do Antigo Testamento, Deus tinha um relacionamento de aliança somente com Israel. Ao identificar-se com o povo da aliança, Rute qualificou-se ao proclamar o Deus de Israel.
Em lugar de fazer Noemi feliz, os envolvimentos familiares e velhos amigos tornaram a aflição de Noemi mais intensa. Podemos entender porquê. Voltar para casa depois da morte de um ente querido é igualmente fazer-nos sentir nossa perda. Nosso lar parece vazio, o silêncio é escurecedor. De repente somos esmagados pela aflição, pela ausência. Nossos queridos é que fazem de nossa casa o 'lar'. Aos olhos de Noemi, que deixara Belém com um marido e dois filhos, o retorno trouxe-lhe à consciência a brutal extensão de sua perda" (RICHARDS, Lawrence. Guia do Leitor da Bíblia: Uma análise de Gênesis a Apocalipse capítulo por capítulo. 10.ed. Rio de Janeiro: CPAD, p. 175).

III - FÉ E TRABALHO

1. Noemi e Rute chegam à terra do pão.

A chegada de duas mulheres viúvas à cidade deve ter chamado a atenção das pessoas, especialmente daquelas que haviam conhecido Noemi antes de sua partida. Noemi agora se encontrava com a alma amargurada.  Por isso, pede para ser chamada não mais de Noemi, que significa "agradável", mas "Mara", isto é, "amarga". Noemi retornou à sua cidade sem marido, sem filhos e sem bens. Ela acreditava que todo aquele sofrimento vinha de Deus, como uma forma de punição (Rt 1.21).

2. Rute ajuda Noemi.

Elas chegaram a Belém no "principio da sega das cevadas" (Rt 1.22), ou seja, quando a colheita estava começando. Se em Moabe a situação era precária, agora em Belém, havia esperança, pois havia trabalho na colheita da cevada. Vencemos as crises com a ajuda de Deus e com muito trabalho. O trabalho é bênção de Deus, pois é do nosso salário que tiramos a provisão para nossas famílias.

3. Rute trabalha apanhando espigas.

Rute vai para um campo de cevada que pertencia a um parente de Elimeleque. Ali, ajunta as espigas que os segadores deixavam para trás. Essa prática era permitida pela Lei Mosaica para ajudar os necessitados (Dt 24.19-21).
Nosso país vive um momento de crise econômica, e a falta de emprego é uma realidade que tem atingido milhões de pessoas. Muitos que perderam seus empregos buscam qualquer serviço que lhes dê condições de sobrevivência. Siga o exemplo de Rute, não fique de braços cruzados.  Ela trabalhou todo o dia no campo até ajuntar cevada suficiente para si e sua sogra. Sua diligência no trabalho chamou a atenção do dono do campo, Boaz. O trabalho dignifica o trabalhador, e Rute demonstrou sua lealdade e beneficência para com sua sogra.
Ao dispor-se a trabalhar no campo, Rute descobriu que Boaz era parente de Elimeleque e, por lei ele poderia se casar com ela e redimi-la. Boaz fez tudo conforme orientava a lei. Ele é um tipo de Cristo, o nosso Redentor, que sendo rico se fez pobre para nos fazer herdeiros das suas riquezas (2 Co 8.9). Boaz casa com Rute e ela dá à luz a um filho, o qual recebeu o nome de Obede. Mais tarde Obede se tornou o avô de Davi. Deus honrou a decisão, a atitude e o trabalho de Rute.

SÍNTESE DO TÓPICO III

Fé em Deus e trabalho são fundamentais para vencer as crises.

SUBSÍDIO BIBLIOLÓGICO
Uma reputação merecida

Em uma pequena comunidade, a história de Rute e Noemi seria de domínio público, o alvo das atenções. Agora, os eventos mostravam Rute trabalhando arduamente (Rt 2.7): reverenciosa (Rt 2.10), recatada, bem-agraciada (Rt 2.13). A reputação que construímos abre, ou fecha, portas para a oportunidade.
A declaração de Boaz abençoando Rute pode ser considerada uma oração (Rt 2.12). 'Recompensa' aqui é maskoret, uma palavra com sentido de 'salários'. Boaz credita a Rute o melhor, por sua piedade e escolha do Deus de Israel, e está convencido de que um Deus justo providenciar-lhe-á a justa recompensa. Disse tudo isso saber que seria ele próprio o instrumento para esta resposta. Deus, frequentemente, usa como seu agente aquele que ora para responder tal oração" (RICHARDS, Lawrence. Guia do Leitor da Bíblia: Uma análise de Gênesis a Apocalipse capítulo por capítulo. 10.ed. Rio de Janeiro: CPAD, p. 176). 

CONCLUSÃO

Rute teve algumas perdas em sua vida; perdeu o sogro, o cunhado e o marido. Além dessas perdas, teve que cuidar de uma sogra triste e desamparada. Mas o Deus da provisão não desamparou Rute nem Noemi. Temos um Deus que nos ajuda e abençoa-nos com o trabalho e a sua provisão. Confie!

PARA REFLETIR

A respeito de Rute, Deus trabalha pela família, responda:
· A escassez em Belém era resultado de quê?
A escassez era resultado do mau governo dos últimos juízes de Israel. Estes haviam abandonado ao Senhor.
· Para onde Elimeleque e sua família foram para escapar da fome?
Eles foram para Moabe.
· No tempo de Noemi quem deveria sustentar uma viúva?
Os filhos e parentes mais próximos.
· Qual o significado dos nomes Noemi e Mara?
Noemi significa agradável, mas Mara, amarga.
·  Boaz é um tipo de quem?
Boaz é um tipo de Cristo, o nosso Redentor que sendo rico se fez pobre para nos fazer herdeiros das suas riquezas (2 Co 8.9).


Subsidio lições adultos Deus trabalha pela familia n.8


                    SUBSIDIO LIÇÕES ADULTOS RUTE
                     DEUS TRABALHA PELA FAMILIA.

       
                                    Professor Mauricio Berwald 

                                       INTRODUÇÃO AO RUTE 1

Este capítulo trata de uma família que removida da terra de Canaã para a terra de Moab por conta de uma fome, onde o pai dela e seus dois filhos morreram, e cada um deles deixou uma viúva, 1: 1 a mãe-in -lei proposta para voltar para a sua terra, e definir a frente com suas duas filhas-de-lei, os quais, quando eles tinham ido um pouco com ela, ela suplicou para voltar, e protestou com eles sobre isso, 1: 6 , em que um deles fez, mas o outro, Ruth, o tema deste livro, resolveu ir a viagem com ela, 01:14 e ambos chegaram a Belém, a antiga residência de sua mãe-de-lei Naomi, que foi levado muito aviso de por seus velhos amigos e conhecidos, a quem ela relacionadas suas circunstâncias presentes, 01:19 .

verso 1

Agora sucedeu que, nos dias em que os juízes governavam , .... Então que ele parece que esta história é do tempo e as coisas após o caso de Mica, e da concubina do levita, e da guerra entre Israel e Benjamim; pois naqueles tempos não havia rei nem juiz em Israel; mas até que o tempo dos juízes, e que o governo deles a que pertence, não é feito. JosephusF15coloca-lo no governo de Eli, mas que é muito tarde para Boaz, o avô de Jesse, o pai de David, para viver. Alguns escritores judeus, como Jarchi, dizer que foi nos tempos de Ibzan, que eles dizemF16É o mesmo com Boaz, mas sem provas, e que os tempos são demasiado tarde também para esta história. A cronologia judaicaF17vem mais perto da verdade, que carrega-lo tão alto quanto os tempos de Eglon, rei de Moab, quando Ehud era juiz; e com o qual o Dr. LightfootF18praticamente concorda, que coloca esta história entre o terceiro e quarto capítulos de Juízes, e assim deve pertencer aos tempos de Ehud ou Sangar. Junius refere-lo para os tempos de Deborah e Barak; e outrosF19, Por causa da fome, acho que começou nos tempos os midianitas oprimiam Israel, e levaram os frutos da terra, o que causou isso, quando Gideon foi levantado para ser seu juiz; altingF20coloca no momento da Jefté; tal é a incerteza sobre o momento previsto:

que houve uma fome na terra ; a terra de Canaã, esse país muito proveitosa. O Targum diz que este foi o sexto fome que tinha sido no mundo, e foi nos dias de Boaz, que é chamado Ibzan o justo, e que era, de Belém de Judá; mas é mais provável que foi nos dias de Gideão, como antes observado, do que nos dias de Ibzan

e um homem de Belém de Judá ; assim chamado para distingui-lo de outra Belém, na tribo de Zabulon, Joshua 19:15 que teve seu nome da fecundidade do lugar, ea abundância de pão nele, e ainda a fome era aqui; portanto, este homem com sua família removida dele:

e saiu a peregrinar no país de Moab ; onde havia abundância; não morar lá, mas, para peregrinar por um tempo, até que a fome sobre:

ele e sua esposa, e seus dois filhos ; os nomes de cada um deles são dadas próximo. par parF15Antiqu. eu. 5. c. 9. seita. 1.F16T. Bab. Bava Bathra, fol. 91. 1. Tzemach David, par. 1. fol. 8. 2. Jarchi & Abendana no loc.F17Seder Olam Rabba, c. 12. p. 33.F18Works, vol. 1. p. 48.F19Rambachius em loc. & Majus na ib. assim biship Patrick. Lampe Hist. Ecl. eu. 1. c. 5. p. 22.F20Theolog. Hist. loc. 2. p. 84.

verso 2
E o nome do homem Elimeleque , .... que significa "meu Deus é rei", como ele era o rei de Israel. Nos tempos dos juízes, o governo era uma teocracia; os juízes foram levantados imediatamente pelo Senhor, e governou sob ele; o Targum o chama de um grande homem, e assim Jarchi; e é muito provável que ele era, especialmente se é verdade o que se diz a cronologia judaicaF21, Que ele era o irmão de salmão, príncipe da tribo de Judá; e é certo que Boaz, filho de Salmon era um parente seu, 2: 1 ,

eo nome de sua esposa Naomi ; que significa "doce, agradável", muito provavelmente de gentil, e de uma disposição doce; um nome da mesma significação com Naamá, a irmã de Tubal-Caim, Gênesis 04:22 e de acordo com as Talmudists ela foi filha do irmão de Elimelech; pois eles dizemF23, Que Elimelech, salmão, e o parente (de que fala este livro), e pai de Naomi, foram todos eles filhos de Naasson, príncipe da tribo de Judá; o mesmo Jarchi observa em 1:22 .

eo nome de seus dois filhos Malom e Quiliom ; que parecem ter os seus nomes de fraqueza e de consumo, sendo talvez fracamente e pessoas de consumo; e parece que ambos morreram jovens. É uma tradição dos judeus, mencionados por Aben Ezra, que estas são o mesmo com Joás e Saraf, que se diz ter domínio em Moab, 1 Crônicas 4:22 que não é provável:

Efrateus de Belém : Jarchi interpreta efrateus por homens de valor e estima; eo Targum é, "efrateus, grandes homens de Bethlehemjudah'but sem dúvida eles foram chamados assim, porque Efrata era um dos nomes de Belém, Genesis 35:19 assim chamada por sua fecundidade, embora Aben Ezra acha que teve seu nome do Efrata a mulher de Caleb; mas foi assim chamado na época de Moisés, como na passagem a que se refere:

e eles vieram para o país de Moabe, e ficaram ali ; até a sua morte; tudo com exceção de Naomi, que voltou quando ouviu a fome havia acabado.

verso 3
E Elimelech, marido de Noemi, morreu , .... De acordo com JosephusF24, Depois de ter habitou na terra de dez anos, e havia se casado com seus dois filhos a moabita mulheres; mas, como Alshech observa, o texto mostra que, enquanto ele estava vivo eles não eram casados ​​com eles, mas depois de sua morte; e diz-se deles só que moravam lá cerca de dez anos; de modo que é mais provável que seu pai morreu rapidamente depois que ele foi para a terra de Moabe; e ela foi deixada, e seus dois filhos; em uma terra estranha, ela sem marido, e eles sem um pai.

verso 4
E tomaram para si mulheres de mulheres moabitas , .... Não antes de serem convertida à religião judaica, como Aben Ezra pensa, e que parece claramente ser o caso de Ruth; pelo menos ela assim que depois, se não era antes; e também de Orpah, como o mesmo escritor conclui 1:15 embora outros são de opinião diferente, e alguma desculpa seu casamento, e outros condená-la como ilegal, entre os quais é o Targumist, que parafraseia as palavras ", e eles transgrediram o decreto da Palavra do Senhor, e tomou para si mulheres estranhas das filhas de Moab; 'no entanto, ele estava tão permitida pelo Senhor, e ordenou, em Providence, que a partir de um deles o Messias poderia surgir:

e o nome de um foi Orpah ; ela era casada com Quiliom; e Alshech reúne a partir daí que o mais jovem era casado antes de seu irmão:

e o nome da outra Rute Targum acrescenta, "a filha de Eglon, rei de Moab; 'e que ela era sua filha, ou a filha de seu filho, é uma noção comumente recebidos com os judeusF25embora sem qualquer fundamento apenas; ela era casada com Mahlon, 04:10 , um PhiloF26afirma estas duas mulheres a serem próprias irmãs, por que razão não aparecer; e um escritor judeuF1diz que ambos eram filhas de Eglon, rei de Moab, e ficaram ali quase dez anos; isto é, Malom e Quiliom, que se casou com essas mulheres; que está a ser contado a partir do momento em que foi para a terra, ou a partir do momento do seu casamento; o último parece ser o caso de a ligação das palavras.

verso 5
E Malom e Quiliom morreram também os dois , .... Assim como seu pai, na terra de Moab, depois de terem vivido com suas esposas nele cerca de dez anos; o Targum é, "porque eles transgrediram o decreto da Palavra do Senhor, e juntou-se a afinidade com pessoas estranhas, seus dias foram cortadas;" ou encurtado:

e a mulher desamparada de seus dois filhos e de seu marido ; privados tanto de seu marido e seus filhos, que foi uma grande aflição, agravada por ela estar em um país estranho; muitas são as aflições do justo.

verso 6
Então se levantou ela com as suas noras, que ela poderia voltar do país de Moab , .... Após a morte de seus dois filhos, e tendo ouvido falar da cessação da fome em Israel, ela tinha um desejo de entrar em seu próprio país, onde ela teria melhores oportunidades de servir ao Senhor; e não ter coração para ficar em Moabe, um país idólatra, onde ela tinha perdido seu marido e seus dois filhos; e, portanto, preparados para sua viagem, e partiram, e suas duas filhas-de-lei com ela, para acompanhá-la alguma parte do caminho; pois não parece ser sua intenção, pelo menos no início fixa, para ir com ela para a terra de Canaã; e, portanto, só é dito, que se levantaram

que ela poderia voltar , & c.

porque ela tinha ouvido falar no país de Moab : que estava perto da terra de Israel, as fronteiras do que chegar ao mar sal; o Targum diz ela ouviu pela boca de um anjo, mas é altamente provável que era pela fama comum:

que o Senhor havia visitado o seu povo, dando-lhes pão ; que ele tinha sido gentil e gracioso para o povo de Israel, concedendo-lhes abundância de provisões; o que pode ser o seu caso feliz depois Gideon tinha vencido os midianitas, que vieram anualmente, e destruíram e levaram os frutos da terra, o que causou uma grande fome; veja Juízes 6: 3 . Parece como se a fome continuou dez anos, ver 1: 4 , nem precisa deste ser coisa incrível, uma vez que houve uma fome na Lydia, que durou dezoito anosF2.

verso 7
Pelo que saiu do lugar onde estava , .... Que parte de Moab ela habitava em, e agora removido do, não é dito; ele é chamado o país ou campo de Moabe, ela voltou a partir; portanto, alguns têm pensado, que ela e seu marido e seus filhos, não viver em qualquer das cidades de Moabe, mas em um campo; ou porque os moabitas não lhes habitar em suas cidades, só permitiu-los para suas tendas em seus campos; ou eles escolheram para morar lá, para que, tanto quanto possível conversa evitar com eles, e ser preservado de sua idolatria e outras corrupções:

e suas duas noras com ela ; que, por respeito a ela, acompanhou-a alguma parte do caminho, como parentes e amigos sempre fazia:

e foram a caminho de volta para a terra de Judá ; eles foram junto com ela para a fronteira da terra de Judá, no seu retorno para lá; para o regresso só pode ser dito de seu com qualquer propriedade, porque suas duas filhas nunca tinha estado lá; que não era o país de onde eles vieram, e, portanto, não pode ser dito para voltar para lá.

verso 8
E Naomi disse às suas noras , .... Quando eles chegaram, pois é muito provável, até os limites extremos da terra de Moabe, e as fronteiras da terra de Israel:

Vai, volta cada à casa de sua mãe : Casa da mãe é mencionado, e não o pai, não porque eles não tinham de estar pai; pois é certo Ruth tinha um pai, bem como uma mãe, 02:11 , mas porque as mães são mais afetuoso com suas filhas, e eles mais versado em conjunto; e porque as mulheres naqueles tempos tinha apartamentos para si mesmos, e que costumava levar suas filhas a eles quando se tornam viúvas; embora tal era o amor forte desses jovens viúvas a sua mãe-de-lei, que eles escolheram em vez de habitar com ela, enquanto ela viveu em Moab, do que com suas próprias mães:

o Senhor tem compaixão de você, como vós o fizestes com os falecidos e comigo ; isto é, com os seus maridos, que estavam mortos; como o Targum é, que se recusou a casar com homens após a sua morte; ou melhor, que respeite seu cuidado carinhoso de seus maridos e comportamento em relação a eles quando se vive, bem como o respeito que mostrou a sua memória, pelo e desde a sua morte; e também o seu dever filial com ela, antes e desde então; e, em particular, como o Targum expressa, na medida em que tinha se alimentado e apoiado ela.

verso 9
O Senhor vos conceda , .... Alguns fazem um suplemento aqui, o Targum uma recompensa perfeita, Aben Ezra um marido; e assim por Josefo dizF3, Ela desejou-lhes casamentos mais felizes do que eles tiveram com seus filhos, que foram tão cedo deles provenientes; mas um suplemento parece desnecessária, para o que se segue é ligada com o desejo, e contém a soma do mesmo:

que você pode encontrar descanso ; cada um de vocês:

na casa de seu marido ; isto é, que eles possam cada um de ser os abençoou com um bom marido, com quem se pode viver livre de brigas e contendas, bem como das preocupações angustiantes da vida, tendo maridos para fornecer todas as coisas necessárias para eles, e então a partir de todas as tristezas e angústias de uma propriedade viuvez:

em seguida, ela beijou-los ; em sinal de sua afeição por eles, e, a fim de participar com eles; sendo usual, então como agora para parentes e amigos para beijar na despedida:

e levantaram a sua voz, e chorou ; a pensar que devemos parte, e nunca ver um ao outro mais; suas paixões trabalhou com veemência, e irrompeu em soluços e suspiros e lágrimas e choro alto.

verso 10
E disseram-lhe , .... Quando eles próprios tinham diminuído nos gritos e lágrimas, e tinha recuperado seu discurso:

Certamente voltaremos contigo para o teu povo ; para ser proselyted, como o Targum; não só para morar com eles, mas para adorar com eles.

verso 11
E Naomi disse: Voltai, minhas filhas , .... Supondo presente resolução deles só surgiu a partir de uma afeição natural, e não de qualquer amor à Deus ou as pessoas de Israel; pelo menos duvidar se era assim ou não, e disposto a tentar se alguém, ou de ambos, foram realmente de um princípio de religião inclinado a ir com ela; e desejosos de que seria absolutamente considerar o que eles fizeram, para que se arrependessem e se apostatar, e trazer opróbrio sobre a verdadeira religião:

por que vos vai comigo ? que razão você pode dar? isso, ela disse, a fim de sair deles se havia alguma inclinação real no-los para o verdadeiro culto e serviço de Deus; embora ela mantém que a partir de suas próprias questões colocadas como se segue, que pode vir exclusivamente a partir de si mesmos:

existem ainda filhos no meu ventre, para que possam ser maridos ? há alguma probabilidade de que eu nunca deve ter nenhum filho para ser em vez dos maridos, ou realmente maridos para você? pode-se pensar que na minha idade, supondo que eu tinha um marido, ou o irmão de um marido para se casar comigo, que há em mim um poder natural de conceber e ter filhos? Este, portanto, certamente pode haver nenhum incentivo para você para ir junto comigo; para alguns, como Jarchi, acho que ela se refere à lei do irmão do marido se casar com sua viúva, e levantando-se sementes com ele, que era conhecido entre os gentios antes de ter sido dadas a Israel; veja Gênesis 38: 8 , a que Aben Ezra opõe correctamente, que essa lei respeite um irmão ao lado do pai, e não pela mãe só de; ao qual podem ser adicionados, que esta lei não era vinculativo para um irmão em gestação, mas em um que estava vivendo antes da morte de seu irmão; além disso, se essa lei tivesse sido em sua mente, ele preferiria ter fornecido a uma razão encorajando-os a ir com ela, uma vez que havia parentes de seus filhos, a quem eles podem se casar, como um deles depois foi.

verso 12
Voltai, minhas filhas, seguir o seu caminho , .... Esta ela ainda repetido para tentar seus afetos a ela, e especialmente se havia algum amor real ao Deus de Israel, o seu povo, e de culto, mas ainda continua em cima da mesmo tópico:

pois eu sou velho demais para ter marido ; e nunca pode pensar em se casar novamente em conta a idade, nem pode você certamente já pensou que eu deveria, nestes anos que estou agora chegou a:

se eu deveria dizer que tenho esperança ; de se casar e ter filhos; Suponha que:

se eu deveria ter um marido também esta noite ; ser casada com um homem diretamente, suponha que:

e ainda tivesse filhos ; conceber e urso, não do sexo feminino, mas do sexo masculino crianças, permitem que; todos os que são meras suposições, e, eles poderiam ser admitido, não fornecer qualquer razão para que você deve estar desejoso de ir comigo.

verso 13
Você tardará para eles até que eles foram cultivadas .... Não-se pensar que eles fique até que ela era casada e tinha filhos, e, em seguida, até que essas crianças foram cultivadas até à propriedade dos homens, e ser de casar é?; pois embora Tamar permaneceu por Selá, mas ele nasceu, e de alguns anos de idade, embora não um homem adulto, Gênesis 38:11 .

ye ficaria para eles de ter maridos ? eles eram viúvas jovens, e ele estava apto eles devem se casar novamente; e não poderia ser imaginado que iriam negar-se ter maridos, na expectativa de eventuais filhos do seu de:

Não, filhas minhas ; Estou bem satisfeito você nunca vai demorar para eles, nem privar-vos de tal benefício; não é razoável supor que:

pois aflige-me muito por amor de vós ; que ela poderia ser de nenhum tipo de serviço para eles, seja para dar-lhes os maridos, ou para apoiar e manter-los, eles devem ir com ela; ou "Eu tenho muito mais amargura do que você"F4; sua condição e as circunstâncias eram muito piores do que a deles; pois embora tivessem perdido seus maridos, ela havia perdido o marido e os filhos: ou era mais amargo e doloroso para ela ser separado deles, do que era para eles para ser separado dela; seu carinho para eles era tão forte ou mais forte do que a deles para ela; ou tinham amigos em seu próprio país que seria gentil com eles, mas, quanto a ela, ela estava em profunda pobreza e angústia, e quando ela entrou em seu próprio país, não sabia que ela tinha nenhum amigo deixou de tomar qualquer aviso de dela:

que a mão do Senhor se descarregou contra mim ; em tirar seu marido e filhos, e reduzindo-a a uma baixeza, sem dinheiro e sem amigos; tão pobre, como parece, que a filha-de-lei, quando vêm para a terra de Canaã, foi obrigado a recolher para o sustento de ambos, como no próximo capítulo.

verso 14
E eles levantaram a voz, e tornaram a chorar , .... Não ser capaz de suportar o pensamento de despedida, ou que eles devem ser obrigados a isso:

e Orfa beijou a sua sogra ; deu-lhe o beijo de despedida, como os judeusF5chame-o; e que foi usado por outras pessoasF6; mas não sem afeto a ela, e se despediu dela, como seu beijo testemunhou, uma vez que deve ser assim; e sendo movido por suas razões, e tendo uma maior inclinação para o seu próprio país do que Ruth tinha; do beijo de despedida, ver Gênesis 31:28 .

mas Ruth se apegou a ela ; pendurado sobre ela, não seria parte dela, mas clivada-lhe no corpo e na mente; abandonando o seu próprio povo, e casa de seu pai; nem o pensamento deles, nem do seu país natal, nem de não ter um marido, ou qualquer risco de que, nem da pobreza e da aflição, teve qualquer tipo de influência sobre ela, mas determinou que ela era ir e cumprir com ela.

verso 15
E ela disse , .... Ou seja, Naomi para Ruth, depois de Orpah tinha ido embora:

eis que tua cunhada está voltado para o seu povo, e aos seus deuses ; significando Orpah, que era a esposa do irmão de seu marido, como os significa palavra usada; ela não foi apenas na estrada voltando-se para o seu próprio país e as pessoas, mas para os deuses do mesmo, Baal-Peor ou Príapo, e Quemós, Números 21:29 de onde Aben Ezra conclui, que tinha sido um prosélito para a religião verdadeira, e havia renunciado aos deuses de sua nação, e manteve a mesma profissão, enquanto o marido viveu, e, até agora, e agora apostatou, já que ela é dito para voltar para os seus deuses; e nisso ele é seguido por alguns intérpretes cristãosF7, E não sem razão:

volta também tu após a tua cunhada : isso, ela disse, não que para valer, ela desejava voltar, pelo menos, à sua antiga religião, apenas diz respeito, embora não tão aprovando, a conduta de sua irmã, sim como censurá-lo; mas para tentar sua sinceridade e firmeza, quando tal exemplo e exemplo foi antes dela.

verso 16
E Ruth disse, suplico-me de ti não sair, ou para voltar de seguir-te , .... Não faça uso de quaisquer argumentos para me convencer a voltar: ou "não me conhecer", ou "estar contra mim "F8; não me encontrar com objeções, ou estar em meu caminho, ou um estorvo para mim, em ir junto contigo; não ser contra ela, por ser contra a que era para ser contra a sua inclinação, desejos e resoluções, e contra o seu interesse:

para a qual passas eu irei : deixar o país ia ser o que faria, embora desconhecido para ela, e que ela nunca deve ver seu próprio país mais:

e onde tu lodgest vou apresentar ; embora em sempre tão significar uma casa de campo, ou sob o céu aberto:

O teu povo será o meu povo ; que eu escolher para habitar entre e conversar com; cuja religião, leis e costumes que ela deveria prontamente cumprir, tendo ouvido falar muito deles, a sua sabedoria, bondade e piedade, da qual ela tinha uma amostra e um exemplo de Naomi, e por quem julgava a do resto:

e teu Deus, meu Deus ; Não Quemos, nem Baal-Peor, nem outros deuses dos moabitas, sejam eles o que quiserem, mas o Senhor, o Deus de Noemi, e do povo de Israel. Assim, uma alma que é verdadeiramente levados a Cristo carinhosamente o ama, e de coração se unirá a ele, resolve na força da graça divina para segui-lo, o Cordeiro para onde quer que vá ou dirige; e está desejoso de ter comunhão com ninguém a não ser ele, e que ele também não seria como um homem wayfaring, que tarda, mas uma noite; seu povo são a excelente da terra, a quem conversar com é todo o seu deleite e prazer; e Deus de Cristo é o seu Deus, e seu pai é seu pai; e, em uma palavra, ele determina não ter outra Salvador, mas ele, e que andes em todos os seus mandamentos e preceitos.

verso 17
Onde tu morres eu morrerei, e ali serei sepultada , .... Ela estava determinada a cumprir com a sua morte, e não só estava desejoso de morrer como ela fez, mas onde ela deveria morrer; no mesmo país, casa de campo, e cama, e ser colocado na mesma sepultura, na esperança de subir juntos na ressurreição dos justos; não tendo em conta a todos para as sepulturas de seus pais, que as pessoas em todas as idades e países foram fond de ser colocada em, como uma honra e felicidade. Assim, com os gregos e romanos, não só as relações, mas amigos íntimos, e tal como tinha uma forte afeição um pelo outro, às vezes eram enterrados na mesma sepultura, como caixas e PolemonF9, Paris e OenomeF11, e outrosF12; veja Gálatas 2:20 ,

o Senhor: Assim me faça, e outro tanto, se outra coisa, mas faz parte da morte mim e ti ; esta é a forma de juramento que ela usou para a confirmação do que ela tinha dito, e para pôr fim ao debate sobre este assunto; o que ela imprecates sobre si mesma não é expressa, ela deveria de outra forma fazer do que o que ela jura; deixando Naomi para fornecê-lo em sua própria mente, e como sendo o que não estava apto a ser nomeado, e o maior mal que pode ser pensado para acontecer a uma pessoa perjured.

verso 18
Quando ela viu que ela estava firmemente decidido a ir com ela , .... Que ela era forte em suas resoluções, e firme em suas determinações não voltar para a sua terra, mas para ir para a frente com ela; e nada poderia movê-la a partir do firme propósito de sua mente, que era o que Naomi queria fazer julgamento de:

então ela deixou de lhe falar : isto é, sobre a cabeça de voltar para casa; de outra forma, sem dúvida, sobre este, confortável conversa perto, religiosa se seguiu, o que fez a viagem mais agradável e agradável.

verso 19
Então, eles ambas, até que chegaram a Belém , .... seguiram o seu caminho diretamente até chegarem a ele, sem se deter ou ficar pelo caminho, pelo menos não desnecessariamente, e não para qualquer tempo; e eles continuaram juntos, embora Ruth era uma mulher mais jovem, e poderia ter ido mais rápido, mas ela fez companhia com a mãe antiga, e sem dúvida foi muito edificado e instruído por sua conversa piedosa; e parece que eles estavam sozinhos, só eles dois; para que não tinha camelos nem jumentos para percorrer, mas foram obrigados a viajar a pé, de modo que eles não tinham servos para servi-los e ajudá-los em sua jornada, como eram suas circunstâncias médios:

e sucedeu que, quando chegaram a Belém ; tinha entrado na cidade, e foram vistos por alguns que anteriormente tinha conhecido Naomi, ou pelo menos a quem ela se fez conhecido:

que toda a cidade se comoveu por causa delas ; a notícia de sua chegada foi logo se espalhou por todo o lugar, e toda a cidade tocou dela; assim a versão Septuaginta, "toda a cidade parecia"; era toda a conversa em todos os lugares, que estava na boca de todos, que Naomi, que tinha sido tão longo para fora da terra, e pensado para ser morto, e não era esperado que ela nunca iria voltar novamente, foi agora vêm; e isso atraiu uma grande multidão de pessoas de uma maneira tumultuosa, como a palavra significa, para vê-la; alguns tendo piedade e compaixão por ela para ver tal mudança na sua pessoa e das circunstâncias; outros tratá-la com desdém e desprezo, e censurando-a por deixar o seu lugar nativo, e não conteúdo para compartilhar a aflição comum de seu povo, dando a entender que ela estava justamente tratada para sair da terra em tal tempo em um país estranho; e outros foram feliz em ver seu vizinho velho outra vez, que sempre se comportou bem no meio delas; de modo que o siríaco e versões em árabe, "toda a cidade se alegraram"; muitos, sem dúvida, não a conheceu, e seria fazer perguntas sobre ela, e outros, respondendo-lhes, que é comumente o caso de uma multidão de pessoas em tal ocasião:

e eles disseram, é esta Noemi ? ou seja, as mulheres do lugar disse assim, para a palavra é feminina; e talvez eles eram maioritariamente mulheres que se reuniram com ela, e colocar esta questão de uma forma de admiração; é esta Noemi que era tão bonito, e costumava olhar tão agradável e formoso, e agora tão enrugada e triste, que costumava se vestir tão bem, e agora no que significará um hábito! que costumava ser atendido com donzelas de esperar por ela, e agora só! pois, como Aben Ezra observa, isso mostra que Elimelech e Naomi foram grandes personagens em Belém anteriormente, as pessoas de posição e figura, ou de outra forma não se teria sido uma multidão de pessoas em cima de sua vinda, e tais investigações feitas e questões colocadas, se ela tivesse sido anteriormente uma mulher pobre.

verso 20
E ela disse, me chame não Naomi, me chamar de Mara , .... A única significa "prosperidade", de acordo com JosephusF13, E os outros "dor"; mas ele nem sempre está correto em sua interpretação das palavras hebraicas, ou para ser dependia; por este facto, os diferentes estados são bastante bem expressa, e ele observa com propriedade, que ela pode mais ser justamente chamado de um do que o outro; mas as palavras significam, o "doce" e agradável, e o outro "amargo", ver Êxodo 15:23 , ea razão pela qual ela dá o confirma:

para o Todo-Poderoso de amargura comigo ; havia escrito coisas amargas contra ela, trouxe sofrimentos amargos sobre ela, que era muito desagradável para a carne, como a perda de seu marido, seus filhos, e sua substância; veja Lamentações 3:15 .

verso 21
Cheia parti , .... De meu marido e filhos, como o Targum; de crianças e riquezas, como Aben Ezra e Jarchi; Por isso alguns escritores judeus culpá-la e seu marido para ir para o estrangeiro em tal tempo, e atribuem isso a uma disposição cobiçosa e uma falta de vontade para aliviar o pobre que veio a eles na sua angústia, e, portanto, saiu do caminho deles, por conta de que eles foram punidos, assim Jarchi em 1: 1 , veja juízes 2:15 mas isto é dito, sem qualquer razão justa causa ou que aparece:

eo Senhor me fez tornar vazio : privado de seu marido, filhos e substância; ela reconhece a mão de Deus nele, e parece não murmurar para ele, mas para apresentar-lhe em voz baixa, e suportá-lo pacientemente:

por que então me chamais Noemi ; quando não há nada agradável e agradável em mim, nem em minhas circunstâncias:

ver o hath Almighty testemunhou contra mim, eo Todo-Poderoso me afligiu ? teve testemunhou que não era um nome adequado para ela; ou que ela tivesse pecado, e não tinha feito o que era bem agradável à sua vista, como apareceu pela sua afligindo-la; ela parecia, portanto, ser humilhado sob o sentido do pecado, e para considerar as aflições como provenientes do Senhor por causa disso, e submetido a sua vontade soberana; a aflição que ela significa foi a perda de seu marido, filhos e substância; veja Jó 10:17 .

verso 22
Assim Noemi voltou , .... Aben, Ezra acha que isso é para ser entendido de sua retornando em outro momento; mas é apenas uma observação do escritor desta história, para excitar a atenção do leitor para este evento notável e, particularmente, para o que se segue:

e Rute, a moabita, sua nora com ela, que voltou da terra de Moabe ; a Belém, o lugar do nascimento do Messias, e que era para saltar de seu gentio; e que, que poderia ser mais cuidadosamente observado, ela é chamada a moabita, e disse para voltar para fora do país de Moab:

e que chegaram a Belém no início da colheita da cevada ; que teve início no segundo dia da festa dos pães ázimos, na "XVI" de Nisan, que responde à nossa março e parte de abril, quando ofereceram o molho das primícias ao Senhor e, em seguida, e não até em seguida, eles podem começar a sua colheita; veja Gill em Levítico 23:10 ; veja Gill em Levítico 23:14 , daí o Targum aqui é: "que chegaram a Belém no início do dia da Páscoa, e naquele dia os filhos de Israel começaram a colher o molho movido, que era de cevada. Então os egípcios e fenícios, vizinhos próximos dos judeus, foi sobre o corte de sua cevada, logo que o cuco foi ouvido, que era a mesma época do ano, daí o comedianteF14chama esse pássaro do rei do Egito e Fenícia. Esta circunstância é observada por uma questão de a seguinte conta no próximo capítulo.(notas  Exposição da Bíblia inteira de John Gil).